TST - RODC - 95572/2003-900-02-00


08/abr/2005

DISSÍDIO COLETIVO PAGAMENTO DOS DIAS DE PARALISAÇÃO A participação do trabalhador em movimento grevista, embora não macule o vínculo empregatício, suspende as relações emergentes do contrato de trabalho, notadamente o direito à retribuição salarial (Lei nº 7.783/89, art. 7º). Recurso Ordinário a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo RODC - 95572/2003-900-02-00
Fonte DJ - 08/04/2005
Tópicos dissídio coletivo pagamento dos.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›