TST - RR - 571111/1999


28/abr/2006

SUCESSÃO TRABALHISTA. ARRENDAMENTO 1. Na hipótese de sucessão de empresas, a responsabilidade quanto a débitos e obrigações trabalhistas recai sobre o sucessor, nos termos dos artigos 10 e 448 da CLT, em face do princípio da despersonalização do empregador. 2. Irrelevante o vínculo estabelecido entre sucedido e sucessor, bem como a natureza do título que possibilitou ao titular do estabelecimento a utilização dos meios de produção nele organizados. 3. Dá-se a sucessão de empresas nos contratos de arrendamento, mediante o qual o arrendatário ocupa-se da exploração do negócio, operando-se a transferência da unidade econômico-jurídica, bem como a continuidade na prestação de serviços.

Tribunal TST
Processo RR - 571111/1999
Fonte DJ - 28/04/2006
Tópicos sucessão trabalhista, arrendamento 1, na hipótese de sucessão.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›