TST - RR - 1326/2002-019-03-00


07/nov/2008

RECURSO DE REVISTA. IND E NIZAÇÃO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS D E CORRENTES DA RELAÇÃO DE EMPREGO. ACIDENTE DE TRABALHO. COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO. 1. O art. 114, inciso VI, da Constituição Federal, com a redação dada pela Emenda Constitucional n.º 45/2004, instituiu a competência da Justiça do Trabalho para apreciar e julgar as ações de indenização por dano moral ou patrimonial, decorrentes da relação de trabalho . 2. Assim sendo, não há como se afastar a competência dessa Justiça Especializada para apreciar a presente demanda, na qual se postulou indenização por danos morais e materiais decorrentes de acidente de trabalho. 3. Ressalte-se, ainda, que essa Corte, mesmo antes da promulgação da Emenda Constitucional n.º 45/2004, já havia sedimentado o entendimento de que a Justiça do Trabalho seria competente para apreciar e julgar as demandas relativas à indenização por dano moral decorrente da relação de emprego, nos moldes da Súmula n.º 392. Aplicação do disposto no art. 896, § 4.º, da CLT. Recurso de Revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 1326/2002-019-03-00
Fonte DJ - 07/11/2008
Tópicos recurso de revista, ind e nização por danos morais e materiais d e, acidente de trabalho.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›