TST - AIRR - 1151/2002-202-04-40


08/abr/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. O eg. Tribunal Regional, com base no contexto fático-probatório dos autos, constatou por provas pericial e testemunhal que a atividade exercida pelo Reclamante era periculosa. A reapreciação dos fatos e provas é vedada nesta Instância Extraordinária, conforme preceitua o Enunciado 126 do TST. Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1151/2002-202-04-40
Fonte DJ - 08/04/2005
Tópicos agravo de instrumento, o eg.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›