TST - RR - 728014/2001


13/mai/2005

REPRESENTAÇÃO PROCESSUAL. MANDATO TÁCITO. NÃO CONFIGURAÇÃO. Não cabe a alegação de caracterização de mandato tácito com a finalidade de suprir a irregularidade formal dos instrumentos de mandato, porquanto a assinatura da advogada não confere com as constantes das atas de audiência. Recurso de Revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 728014/2001
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos representação processual, mandato tácito, não configuração.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›