TST - RR - 695512/2000


07/nov/2008

RECURSO DE REVISTA. HORAS EXTRAS. PREVALÊNCIA DA PROVA TESTEMUNHAL. O entendimento consignado pela Corte regional, no sentido de que, com base na prova oral (depoimentos), os registros dispostos nos cartões de ponto não correspondem à verdadeira jornada de trabalho cumprida pelo reclamante, encontra respaldo na jurisprudência desta Corte, conforme preconizado na Súmula nº 338 desta Corte. Recurso de revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 695512/2000
Fonte DJ - 07/11/2008
Tópicos recurso de revista, horas extras, prevalência da prova testemunhal.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›