TST - AIRR - 1167/2002-202-01-40


26/set/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAS. CARGO DE CONFIANÇA. BANCÁRIO. Não merece reparos o despacho denegatório, já que não restou configurado o exercício do cargo de confiança pelo Reclamante. A reforma do acórdão regional encontra óbice na Súmula 126 do TST.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1167/2002-202-01-40
Fonte DJ - 26/09/2008
Tópicos agravo de instrumento, horas extras, cargo de confiança.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›