TST - AIRR - 4/2002-411-06-40


30/set/2005

HORAS EXTRAS. SERVIÇO EXTERNO. JORNADA CONTROLADA. 1. Diante das premissas fáticas fixadas no acórdão do Regional no sentido de que a jornada cumprida pelo Reclamante era controlada pelo empregador visto que realizava trabalho externo, que consistia no cumprimento de visitas, mas com a obrigação de estar sempre presente na empresa no início e término da jornada de trabalho -, é inconteste o direito do trabalhador à percepção de horas extras, assim consideradas aquelas laboradas além da oitava. 2. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 4/2002-411-06-40
Fonte DJ - 30/09/2005
Tópicos horas extras, serviço externo, jornada controlada.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›