TST - AIRR - 21091/2002-900-01-00


08/jun/2007

AGRAVO DE INSTRUMENTO DO BANCO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO S.A. DESERÇÃO DO APELO ORDINÁRIO. O Agravo de Instrumento tem o seu conhecimento prejudicado, em razão da sucessão noticiada nos autos. AGRAVO DE INSTRUMENTO DO BANCO BANERJ S.A. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. NÃO-CONHECIMENTO DO RECURSO ORDINÁRIO. DESPROVIMENTO. Dispõe a Súmula n.º 383 desta col. Corte ser inadmissível a regularização da representação processual na instância recursal, na forma do art. 13 do CPC. Também não socorreria à parte o oferecimento tardio de procuração, não se reputando como medida urgente a interposição de Recurso. Não se caracterizando a hipótese de mandato tácito, acertada a decisão regional que não conheceu do Apelo Ordinário da Reclamada, ante à irregularidade de sua representação. Agravo de Instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 21091/2002-900-01-00
Fonte DJ - 08/06/2007
Tópicos agravo de instrumento do banco do estado do rio de, deserção do apelo ordinário, o agravo de instrumento.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›