TST - AIRR - 676/2004-654-09-40


03/ago/2007

AGRAVO DE INSTRUMENTO. EQUIPARAÇÃO SALARIAL. Restou consignado nos autos que o Autor não desenvolvia suas atividades com a mesma produtividade nem com a mesma perfeição técnica que o paradigma. Como bem observou o despacho denegatório, haja vista que o entendimento da Corte Regional decorreu da interpretação das provas dos autos, a análise da questão depende de nova avaliação do conjunto fático-probatório sobre o qual se assenta o acórdão recorrido, procedimento vedado nesta instância recursal nos termos da Súmula 126 do TST. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 676/2004-654-09-40
Fonte DJ - 03/08/2007
Tópicos agravo de instrumento, equiparação salarial, restou consignado nos autos.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›