TST - AIRR - 528/2003-023-01-40


12/dez/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. PROVAS ILÍCITAS. Não merece reparos o despacho agravado. Segundo o Tribunal a quo, os documentos apresentados pelo Reclamante vieram com a inicial, sendo que não foram oportunamente impugnados. Desse modo, não se vislumbra violação direta e literal das normas legais e constitucionais apontadas. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 528/2003-023-01-40
Fonte DJ - 12/12/2008
Tópicos agravo de instrumento, provas ilícitas, não merece reparos o.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›