TST - AIRR - 51766/2003-658-09-40


22/abr/2005

FGTS PRESCRIÇÃO TERMO INICIAL DIFERENÇAS DA MULTA DE 40% - LEI COMPLEMENTAR Nº 110, DE 29/6/01 OFENSA AO ARTIGO 7º, XXIX, DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NÃO-CONFIGURADA. Reconhecido aos trabalhadores o direito a correção monetária sobre os depósitos do FGTS, expurgados pelos diversos planos econômicos, por força da Lei Complementar nº 110/01, publicada em 30.6.2001, o termo inicial para se postular em Juízo as diferenças de 40% sobre os depósitos em conta, é da vigência da norma. O Regional, ao concluir que está prescrito o direito de ação do reclamante, na medida em que a presente demanda foi ajuizada apenas em 9 de outubro de 2003, decidiu em consonância com a jurisprudência dominante desta Corte (Orientação Jurisprudencial nº 344 da SDI-1). Não há violação do art. 7º, XXIX, da Constituição Federal, visto que o direito, não preexistia à data de extinção do contrato de trabalho, nem nasceu naquela oportunidade, mas sim posteriormente, nos termos da Lei Complementar nº 110/01. Agravo de instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 51766/2003-658-09-40
Fonte DJ - 22/04/2005
Tópicos fgts prescrição termo inicial diferenças da multa de 40%, lei complementar nº 110, de 29/6/01 ofensa ao artigo 7º,, reconhecido aos trabalhadores o.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›