TST - AIRR - 1347/2001-403-04-40


20/mai/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. REEXAME DE PROVAS. A discussão em torno do enquadramento da Autora, nas disposições do art. 62, II, da CLT, adentra o campo fático-probatório dos autos, cujo reexame é vedado nesta Instância Extraordinária, nos termos do Enunciado 126 do TST. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1347/2001-403-04-40
Fonte DJ - 20/05/2005
Tópicos agravo de instrumento, reexame de provas, a discussão em torno.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›