TST - AIRR - 1828/2004-110-08-40


11/abr/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RITO SUMARÍSSIMO. VÍNCULO EMPREGATÍCIO. COOPERATIVA. FRAUDE. O recurso de revista não merece seguimento, uma vez que, para se reformar a decisão do eg. TRT, afastando-se a fraude na contratação da autora forçoso seria o reexame de matéria situada em campo fático-probatório, o que é inviável nesta fase recursal, a teor da Súmula nº 126 da súmula do TST. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1828/2004-110-08-40
Fonte DJ - 11/04/2006
Tópicos agravo de instrumento, rito sumaríssimo, vínculo empregatício.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›