TST - AIRR - 1265/2002-101-03-40


11/abr/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA. HORAS “IN ITINERE”. INEXISTÊNCIA DE TRANSPORTE PÚBLICO REGULAR. LOCAL DE DIFÍCIL ACESSO. TRANSPORTE FORNECIDO PELO EMPREGADOR. A Decisão Regional encontra-se em consonância com o disposto na Súmula n° 90, I, do C. TST, que assim estabelece: “O tempo despendido pelo empregado, em condução fornecida pelo empregador, até o local de trabalho de difícil acesso, ou não servido por transporte público regular, e para seu retorno é computável na jornada de trabalho”.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1265/2002-101-03-40
Fonte DJ - 11/04/2006
Tópicos agravo de instrumento em recurso de revista, horas “in itinere”, inexistência de transporte público regular.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›