TST - RR - 725759/2001


19/mai/2006

RECURSO DE REVISTA. 1.- ADICIONAL DE PERICULOSIDADE. EMPRESA DE TELECOMUNICAÇÕES. SISTEMA ELÉTRICO DE POTÊNCIA. A Lei nº 7.369/85 criou o direito ao adicional de periculosidade para o empregado que exerce atividade no setor de energia elétrica, atribuindo ao decreto regulamentar a especificação das atividades que se exercem em condições de periculosidade e limitando àquelas exercidas em contato com sistema elétrico de potência, conforme expressamente consta do quadro anexo ao decreto nº 93.412/86. Se o empregado, no exercício habitual de suas atividades, trabalhava próximo às instalações elétricas, sujeitando-se ao risco de choques elétricos na rede aérea energizada, existindo risco efetivo à integridade física do trabalhador, tem direito a perceber o adicional de periculosidade. Entretanto, tal entendimento cede espaço para o indeferimento da pretensão obreira para aqueles trabalhadores que não trabalhavam em situação de risco, como bem frisou o trabalho pericial.

Tribunal TST
Processo RR - 725759/2001
Fonte DJ - 19/05/2006
Tópicos recurso de revista, 1.- adicional de periculosidade, empresa de telecomunicações.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›