TST - AIRR - 140/2001-045-15-40


15/abr/2005

INTERVALO INTRAJORNADA. SUPRESSÃO. HORAS EXTRAS. 1. Havendo o julgador concluído que o empregado não usufruiu do intervalo para refeição e descanso, pautando-se na prova testemunhal produzida pelo Autor - a qual deu maior significância -, não há pertinência na alegação de afronta aos artigos 818 da CLT e 333, I, do Código de Processo Civil. 2. Agravo de instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 140/2001-045-15-40
Fonte DJ - 15/04/2005
Tópicos intervalo intrajornada, supressão, horas extras.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›