TST - AIRR - 773716/2001


22/abr/2005

AGRAVO DE INSTRUMENTO. INEXISTÊNCIA. ADVOGADOS SEM PODERES DE REPRESENTAÇÃO. Hipótese em que os advogados signatários do agravo de instrumento não estavam habilitados para representar o agravante quando de sua interposição, apresentado instrumento de mandato mais de três meses após o seu manejo. Aplicação do Enunciado 164/TST e da Orientação Jurisprudencial 311 da SDI-I desta Corte. Agravo de instrumento de que não se conhece.

Tribunal TST
Processo AIRR - 773716/2001
Fonte DJ - 22/04/2005
Tópicos agravo de instrumento, inexistência, advogados sem poderes de representação.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›