TST - E-RR - 674194/2000


13/mai/2005

COMPLEMENTAÇÃO DE APOSENTADORIA. FUNDAÇÃO PETROS. COMPETÊNCIA MATERIAL. JUSTIÇA DO TRABALHO. 1. Os dissídios individuais decorrentes de planos de previdência complementar privada fechada, entre empregado, empregador e entidade privada instituída pelo empregador para a complementação de aposentadoria dos seus empregados, inscrevem-se na competência material da Justiça do Trabalho, pois a lide, na espécie, origina-se do contrato de trabalho.

Tribunal TST
Processo E-RR - 674194/2000
Fonte DJ - 13/05/2005
Tópicos complementação de aposentadoria, fundação petros, competência material.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›