TST - AIRR - 71887/2002-900-04-00


10/fev/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAORDINÁRIAS. SÚMULA Nº 126 DO TST. NÃO-PROVIMENTO. O egrégio Colegiado Regional, ao manter a condenação da reclamada em horas extraordinárias, o fez com base nas provas dos autos, mormente a testemunhal. Dessa forma, assentando-se o v. acórdão hostilizado no conjunto probatório produzido nos autos, hipótese em que a discussão esgota-se no duplo grau de jurisdição, dada a soberania dos Tribunais Regionais do Trabalho para a análise de fatos e provas, incide na hipótese a Súmula nº 126 desta Casa. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 71887/2002-900-04-00
Fonte DJ - 10/02/2006
Tópicos agravo de instrumento, horas extraordinárias, súmula nº 126 do tst.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›