TST - AIRR - 1601/2004-001-24-40


18/ago/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO ESTABILIDADE PROVISÓRIA DOENÇA PROFISSIONAL SÚMULA No 126 DO TST O Tribunal de origem afirmou que não houve prova do nexo de causalidade entre a moléstia e o trabalho do Reclamante. Entendimento diverso demandaria reexame de fatos e provas, a que se opõe a Súmula no 126 do TST. Agravo de Instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1601/2004-001-24-40
Fonte DJ - 18/08/2006
Tópicos agravo de instrumento estabilidade.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›