TST - AIRR - 915/2004-022-05-40


22/set/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. TOMADOR DOS SERVIÇOS. SÚMULA Nº 331 DO TST. Estando a decisão recorrida em harmonia com a atual e iterativa jurisprudência desta c. Corte, o recurso de revista não merece prosseguimento. Inteligência do art. 896, § 4º, da CLT. DONO DA OBRA. MATÉRIA FÁTICA. A rediscussão de fatos e provas é inadmissível no recurso de revista conforme entendimento cristalizado na Súmula nº 126 do TST.

Tribunal TST
Processo AIRR - 915/2004-022-05-40
Fonte DJ - 22/09/2006
Tópicos agravo de instrumento, responsabilidade subsidiária, tomador dos serviços.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›