TST - A - 797377/2001


11/jun/2004

AGRAVO. PEDIDO DE PROCESSAMENTO NOS AUTOS PRINCIPAIS. PRINCÍPIOS DA ECONOMIA E DA CELERIDADE PROCESSUAL. Em obediência aos princípios da economia e da celeridade processual, afigura-se imprópria a remessa do Agravo de Instrumento à Corte regional, para que seja processado nos autos principais, uma vez que, mesmo sendo superada a deficiência do traslado, efetivamente o Agravo de Instrumento não merecia prosperar, em virtude da consonância verificada entre o r. despacho de fl. 68 e o Enunciado 266 do TST, o que resultaria na manutenção da ordem de denegação do Recurso, embora por fundamento diverso. Agravo não provido.

Tribunal TST
Processo A - 797377/2001
Fonte DJ - 11/06/2004
Tópicos agravo, pedido de processamento nos autos principais, princípios da economia e da celeridade processual.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›