TST - AIRR - 20230/2002-900-02-00


12/mai/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAS. CONTROLE DE HORÁRIO E ÔNUS DA PROVA. Arestos paradigmas que desservem ao confronto por se originarem de Turmas do TST e do mesmo Tribunal prolator da decisão recorrida. Contrariedade à Súmula 68, atualmente incorporada à Súmula 6 desta Corte, não demonstrada, porquanto diz respeito a matéria estranha à lide, ou seja, o ônus da prova quanto à equiparação salarial. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 20230/2002-900-02-00
Fonte DJ - 12/05/2006
Tópicos agravo de instrumento, horas extras, controle de horário e ônus da prova.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›