TST - AIRR - 156/2002-411-01-40


08/jun/2007

AGRAVO DE INSTRUMENTO REGISTRO DE HORÁRIO. O Tribunal a quo consignou que o Autor não cumpriu o ônus de provar suas alegações. Logo, entendimento diverso ensejaria o reexame da prova, procedimento vedado nesta instância extraordinária. Incidência da Súmula 126 do TST. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 156/2002-411-01-40
Fonte DJ - 08/06/2007
Tópicos agravo de instrumento registro de horário, o tribunal a quo.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›