TST - AIRR - 421/2006-670-09-40


05/dez/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. DANO MORAL. A irresignação situa-se no âmbito fático probatório, que não comporta mais revisão nesta Instância Extraordinária nos termos da Súmula 126/TST. Conclusão regional emanada da análise fática compreendendo os depoimentos das testemunhas não enseja processamento do recurso de revista.

Tribunal TST
Processo AIRR - 421/2006-670-09-40
Fonte DJ - 05/12/2008
Tópicos agravo de instrumento, recurso de revista, dano moral.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›