TST - AIRR - 1277/2000-431-02-40


07/mar/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. NÃO-CONHECIMENTO. DEFICIÊNCIA DE TRASLADO. AUSÊNCIA DE PROCURAÇÃO DA PARTE AGRAVANTE. Não se conhece do agravo de instrumento quando o subscrevente do mesmo não está regularmente autorizado para atuar no feito. Inviável torna-se a admissibilidade do apelo, uma vez que não há como verificar o cumprimento do requisito extrínseco de admissibilidade atinente à regularidade de representação.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1277/2000-431-02-40
Fonte DJ - 07/03/2008
Tópicos agravo de instrumento, não-conhecimento, deficiência de traslado.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›