TST - AIRR - 807455/2001


10/fev/2006

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. OPERADORA DE TELEMARKETING. INTERVALOS DE DIGITADOR. Analisando o conjunto probatório presente nos autos, o Tribunal Regional concluiu que estava caracterizada a prestação, pela reclamante, da atividade de digitação, aplicando-se o entendimento expresso na Súmula 346, TST. Neste quadro, a discussão sobre a ocorrência, ou não, de trabalho contínuo de digitação, induz corte fático, que não comporta recurso de revista na forma da Súmula nº 126 deste Tribunal. Agravo de Instrumento desprovido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 807455/2001
Fonte DJ - 10/02/2006
Tópicos agravo de instrumento, recurso de revista, operadora de telemarketing.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›