TST - E-RR - 233/2002-025-03-00


17/out/2008

JORNALISTA. JORNADA DE TRABALHO. TRABALHO PRESTADO À EMPRESA NÃO JORNALÍSTICA. O jornalista que exerce funções típicas de sua profissão, ainda que trabalhando em empresa não jornalística, faz jus aos benefícios da jornada reduzida prevista no artigo 303 da CLT, pois, o que norteia as obrigações é a atividade desempenhada pelo profissional, independentemente do ramo de atividade desenvolvido pelo empregador. Precedentes desta Corte.

Tribunal TST
Processo E-RR - 233/2002-025-03-00
Fonte DJ - 17/10/2008
Tópicos jornalista, jornada de trabalho, trabalho prestado à empresa não jornalística.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›