TST - RR - 1994/2000-032-12-00


01/set/2006

QUEBRA DE CAIXA. NATUREZA INDENIZATÓRIA. É pertinente a aplicação analógica da Súmula 247 do TST para o caso dos autos, uma vez que a finalidade do adicional quebra de caixa é idêntica tanto em se tratando de Banco quanto de estabelecimentos comerciais, nos quais o obreiro lida com quantia em dinheiro. Recurso conhecido e desprovido. ADICIONAL DE QUEBRA DE CAIXA. Os arestos trazidos ao cotejo mostram-se inespecíficos na forma da Súmula 296 do TST. Recurso não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 1994/2000-032-12-00
Fonte DJ - 01/09/2006
Tópicos quebra de caixa, natureza indenizatória, é pertinente a aplicação.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›