TST - A-RR - 642722/2000


15/jun/2007

AGRAVO EM RECURSO DE REVISTA. IRREGULARIDADE DE REPRESENTAÇÃO DETECTADA NA REVISTA E NÃO SANADA NO AGRAVO. IMPOSSIBILIDADE DE CONHECIMENTO DESSE ÚLTIMO. A revista da Reclamada teve seguimento denegado em razão de irregularidade de representação, caracterizada pelo fato de que a advogada signatária daquele recurso recebeu poderes para representá-la mediante procuração ad judicia cuja validade está condicionada à procuração comercial outorgada posteriormente. Interposto agravo, assinado por signatário munido de poderes eivados pelo vício constatado por ocasião da admissibilidade do recurso de revista, tem-se que foi perpetuada no agravo a irregularidade de representação nela verificada. Recurso de agravo não conhecido por irregularidade de representação.

Tribunal TST
Processo A-RR - 642722/2000
Fonte DJ - 15/06/2007
Tópicos agravo em recurso de revista, irregularidade de representação detectada na revista e não sanada no, impossibilidade de conhecimento desse último.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›