Dicionário jurídico

Reexame necessário - Novo CPC (Lei n° 13.105/15)

Atualizado de acordo com o Novo CPC (Lei n° 13.105/15). (06/ago/2017)
Revisão geral. Este material não sofreu alterações até esta data. (18/ago/2015)
Revisão geral. Este material está atualizado de acordo com o CPC e não sofreu alterações até esta data. (20/abr/2013)
Publicado originalmente no DireitoNet. (08/set/2009)
Processo Civil | 08/set/2009

O reexame necessário constitui exigência da lei para dar eficácia a determinadas sentenças. Consiste na necessidade de que determinadas sentenças sejam confirmadas pelo Tribunal ainda que não tenha havido nenhum recurso interposto pelas partes. Assim, enquanto não sujeito ao reexame necessário, tais sentenças não poderão ser executadas.

De acordo com o artigo 496, do Código de Processo Civil, "está sujeita ao duplo grau de jurisdição, não produzindo efeito senão depois de confirmada pelo tribunal, a sentença:

I – proferida contra a União, os Estados, o Distrito Federal, os Municípios e suas respectivas autarquias e fundações de direito público;

II – que julgar procedentes, no todo ou em parte, os embargos à execução fiscal".

Fundamentação:

Art. 496 do CPC

Temas relacionados:

Referências bibliográficas:

GONÇALVES, Marcus Vinicius Rios. Novo Curso de Direito Processual Civil. 4ª ed., v. II, São Paulo: Editora Saraiva, 2008.

Veja mais sobre Reexame necessário - Novo CPC (Lei n° 13.105/15) no DireitoNet.

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet