Este é um exemplo grátis dos 1.800 modelos de petições que você pode ter acesso como assinante do DireitoNet.

Petições

Concessão de graça

Réu condenado à pena privativa de liberdade requer a concessão de graça ao Presidente da República.

Revisão geral. Este material não sofreu alterações até esta data. (17/out/2018)
Revisão geral. Este material não sofreu alterações até esta data. (18/mai/2015)
Revisão geral. Este material está atualizado de acordo com o CPP e não sofreu alterações até esta data. (16/jul/2013)
Revisão geral. (29/abr/2010)
Publicado originalmente no DireitoNet. (13/mar/2002)
Perguntas & Respostas (0)

Excelentíssimo Senhor Presidente da República Federativa do Brasil.

(espaço de 10 linhas)

Nome completo do Condenado, nacionalidade, profissão, estado civil, RG , inscrito no CPF sob o , residente e domiciliado na endereço completo, preso e recolhido na especificar estabelecimento penitenciário, por seu advogado signatário, vem, respeitosamente, perante Vossa Senhoria, requerer a CONCESSÃO DE GRAÇA, com fulcro no artigo 734 do Código de Processo Penal, pelas seguintes razões expostas:

O Requerente foi condenado a   anos de reclusão/detenção, pena esta imposta na sentença proferida pelo MM. Juízo da Vara Criminal da Comarca de especificar, pela prática do crime de especificar.

Ressalta-se que o Postulante já cumpriu anos de prisão, sendo que possui boa conduta carcerária e nunca cometeu falta grave.

Ocorre que o Requerente cometeu o crime justificadamente, pois explicar as razões e justificativas que levaram o condenado a cometer o crime.

Ante o exposto, requer digne-se Vossa Senhoria a conceder, acreditando no seu poder de clemência, a graça em favor do Requerente.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

Local, dia de mês de ano.

Assinatura do Advogado
Nome do Advogado
OAB/UFnúmero da inscrição na OAB

Imprimir  
Perguntas & Respostas (0)
Ainda não há nenhuma pergunta respondida sobre este conteúdo.
Envie sua pergunta

Nossa equipe está a sua disposição para complementar as informações contidas neste conteúdo. Confira abaixo as regras para envio de perguntas ao DireitoNet:

Antes de enviar uma pergunta, sugerimos que faça uma busca no DireitoNet já que muitas das respostas podem ser encontradas no site
Sua pergunta deve ser objetiva, relacionada ao conteúdo acima e relevante para os demais leitores do DireitoNet
Caso sua pergunta seja respondida, você será avisado por e-mail e sua pergunta será publicada nesta página de forma anônima
Perguntas sobre casos específicos ou que incluam qualquer tipo de identificação pessoal não serão respondidas. Se você procura consultoria jurídica, recomendamos que consulte um advogado
Fica a critério do DireitoNet avaliar a relevância da pergunta e oferecer uma resposta

Você deve ser assinante do DireitoNet para poder enviar uma pergunta. Faça já sua assinatura e tenha também acesso a todo o conteúdo do DireitoNet.

Faça sua assinatura