Notícias

Investir em educação é mais importante que mudar leis penais no combate à violência

Fonte: STJ - Superior Tribunal de Justiça

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, destacou a importância da educação no combate à violência no Brasil ao falar durante a abertura do seminário Justiça e primeira infância: o futuro começa hoje, promovido nesta quarta-feira (27) pela Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF).

Segundo ele, “nós estamos num momento em que se discute a reforma do Código de Processo Penal e do Código Penal, achando que vamos acabar com a violência, mas não vamos”. O ministro citou que alterações já feitas na legislação, como a instituição da Lei Maria da Penha e o endurecimento na pena de diversos crimes, foram insuficientes para diminuir a criminalidade no país.

“É cuidando dos jovens, da alma de milhões de brasileiros, de jovens desamparados, que nós vamos combater a violência. Nós vamos combater a violência mediante a instituição de uma política pública de futuro, educando os nossos jovens, oferecendo a eles oportunidades, informação, estudo” – disse.

O presidente do STJ ressaltou a importância de iniciativas como a do seminário para a construção de um futuro melhor no país. “Precisamos unir todas as forças que trabalham em prol dos menores para resolver os problemas da juventude e, assim, a maioria dos problemas do Brasil, como a violência. Como consequência, o Brasil deixará de ser um país de promessas para ser a realidade de um país educado e desenvolvido”, acredita.

Fonte: STJ - Superior Tribunal de Justiça

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet