Notícias

Vice-Presidência do TST realiza reunião com Casa da Moeda para negociar reajuste salarial

Fonte: TST - Tribunal Superior do Trabalho

O vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Renato de Lacerda Paiva, reuniu-se com o presidente da Casa da Moeda do Brasil, Alexandre Borges Cabral, e com o presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores na Indústria Moedeira, Aluízio Júnior, para tentar solucionar o impasse na negociação que envolve o reajuste dos empregados da instituição. Desde 2016, as partes não fecham acordo coletivo de trabalho.

No TST, estão em andamento procedimento de conciliação pré-processual e dissídio coletivo relacionado ao caso. Mas, segundo a Vice-Presidência, é importante que haja boa vontade e esforços das partes para não prejudicar ainda mais os empregados.

A proposta inicial apresentada pela Casa da Moeda, que previa reajuste na cláusula econômica de 3,51%, retroativo a janeiro de 2018, foi considerada inviável pelo sindicato. Então, o ministro Renato Paiva sugeriu alterações para que a proposta seja adequada tanto para a empresa quanto para os empregados. As observações feitas pelo vice-presidente vão ser analisadas pelas partes, e nova reunião acontecerá na próxima semana para outra tentativa de acordo.

Atuação do TST

Em setembro de 2016, o TST atuou no acordo realizado entre o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Moedeira e a Casa da Moeda do Brasil por meio de audiência de conciliação. Os principais pontos de divergência envolviam auxílio-alimentação, revisão de benefícios sociais e reajuste salarial. Este foi o primeiro acordo feito na Justiça do Trabalho durante procedimento de mediação e conciliação pré-processual sobre conflito coletivo.

Fonte: TST - Tribunal Superior do Trabalho

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet