Notícias

Petrobras, CEF, Banco do Brasil, União e ECT são os cinco maiores litigantes em processos no TST

Direito Trabalhista | 06/jun/2017

Fonte: TST - Tribunal Superior do Trabalho

A Petróleo Brasileiro S. A. (Petrobras) ocupa o primeiro lugar da lista dos maiores litigantes no Tribunal Superior do Trabalho (TST), e é o único empregador a ultrapassar o número de 10 mil processos. Entre os 20 maiores litigantes, responsáveis por 30,3% dos 249.237 processos em tramitação no Tribunal no primeiro trimestre deste ano, estão empresas públicas, bancos privados, fundos de pensão, órgãos públicos e empresas como a Brasil Foods (BRF), Vale, JBS, Volkswagen e telefônicas. As informações constam do relatório Movimentação Processual do TST, elaborado pela Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do Tribunal (CESTP).

Os 30,3% correspondem a 75.548 processos, e só a Petrobras  tem 10.864. Depois dela, entre os cinco primeiros, estão a Caixa Econômica Federal, com 9.920; o Banco do Brasil, com 9.913; a União com 9.841; e os Correios com 6.132 processos. Completam a lista dos dez primeiros, mas com menos de cinco mil processos, os bancos Santander (4.622), Itaú (4.130) e Bradesco (3.690) e os fundos de pensão Funcef (3.422) e Petros (2.978). Em seguida vêm Fazenda Pública de São Paulo (2.774), Previ (2.722), Brasil Foods (2.255), Fundação Casa (2.150) e Vale (2.059). Com menos de dois mil processos estão JBS (1.962), Oi (1.855), Telemar (1.810), Volkswagen (1.771) e Telefônica (1.671).

Fonte: TST - Tribunal Superior do Trabalho

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet