Artigos

Os novos ministros do Superior Tribunal de Justiça

Paulo de Tarso Vieira Sanseverino e Maria Isabel Diniz Gallotti são os novos ministros do Superior Tribunal de Justiça – STJ, que vão compor as turmas da segunda seção (direito privado) do Tribunal.Primeiramente, Paulo de Tarso Vieira Sanseverino é magistrado de carreira, professor, mestre e doutor...

Direito Constitucional | 12/ago/2010

Paulo de Tarso Vieira Sanseverino e Maria Isabel Diniz Gallotti são os novos ministros do Superior Tribunal de Justiça – STJ, que vão compor as turmas da segunda seção (direito privado) do Tribunal.Primeiramente, Paulo de Tarso Vieira Sanseverino é magistrado de carreira, professor, mestre e doutor em Direito Civil e, além disso, exercia o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul - TJRS.

Dessarte, ele passará a ocupar a vaga aberta com a aposentadoria da ministra Denise Arruda, na terceira turma da segunda seção do STJ, com competência para julgar as causas de direito privado. Por sua vez, Maria Isabel Diniz Gallotti, mestre em Direito do Estado, foi advogada perante os tribunais superiores, da Justiça Federal, do Trabalho e do Distrito Federal; depois, atuou como procuradora da República sendo, ainda, promovida ao cargo de procuradora regional da República, momento em que passou a oficiar perante o Tribunal Regional Federal da 1º região (TRF-1).

Nesse mesmo Tribunal ingressou através do quinto constitucional, numa das vagas destinadas aos membros do Ministério Público; assim, é, desde 2001, desembargadora do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).Com efeito, a nova ministra ocupará a vaga aberta com a aposentadoria do ministro Fernando Gonçalves, na quarta turma da segunda seção, com competência para julgamento das matérias de direito privado.

Concluindo, de acordo com a sumariíssima exposição da carreira jurídica dos novos ministros do STJ, nota-se que são pessoas qualificadas para assumir esse cargo tão importante.

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet