Artigos

Breve comentário sobre a teoria do método de Descartes

Em Discurso do Método, Descartes, relata de uma forma incisiva e esclarecedora a forma para se obter maiores conhecimentos, diante da experiência de vida.

Direito Civil | 12/ago/2003

E m Discurso do Método, Descartes, relata de uma forma incisiva e esclarecedora a forma para se obter maiores conhecimentos, diante da experiência de vida. Para isso relata os motivos pelos quais chegou a tais conclusões, desde sua formação e estudos em exatas até sua vivência.

O método, desenvolvido por Descartes, tenta obter uma forma gradativa de aumentar o conhecimento no qual o objetivo maior e sair da mediocridade nesta vida. Relata, outrossim, que a forma adotada é apenas elucidativa e não taxativa.

De uma forma objetiva faz criticas ao ensino na escolas pois apenas é apresentado o básico para os alunos e conclui, com sabedoria, que a leitura de um bom livro faz com que a pessoa tenha um diálogo com pessoas de outrora e conhecimentos de outras culturas.

Em se tratando de outras culturas define que a viagem é um instrumento brilhante para o conhecimento, mas feito em excesso transforma a pessoa em estrangeiro de sua própria terra.

Apenas a procura em si mesmo e leitura de bons livros é o suficiente para a obtenção de conhecimento, afirmava Descartes. Um tempo dedicado aos pensamentos trouxeram essa experiência para esse brilhante filósofo.

Num primeiro plano para ter maiores conhecimentos, conforme nosso autor, é necessário a desvinculação do passado e de hábitos que formaram o alicerce do conhecimento atual, tudo isso respeitando os limites do espírito.

O procedimento para maiores conhecimentos seria nunca aceitar algo como verdadeiro, e sim desconfiar de tudo. Um segundo passo seria dividir as dificuldades, pois assim a solução seria mais fácil. O próximo ponto seria organizar a ordem dos pensamentos para elencar as maiores facilidades. E, por fim, revisar todos os fatos para ter a certeza de não omitir nada.

O que é mais fácil, reconstruir uma casa aproveitando seus alicerces ou demoli-la por inteira e recomeçar do zero? Pelo entendimento de Descartes, a demolição total seria mais viável, porém devemos nos acomodar numa boa casa enquanto a construção não termina.

Para esse conhecimento é preciso obedecer a alguns princípios como obedecer a leis e aos costumes do local do estudo. Após esse ponto se faz mister em ser firme quanto às decisões. Vencer a si mesmo antes do destino seria o próximo ponto. Para a conclusão dessa moral o assunto tratado diz respeito ao pensador e não aos outros.

Assim, a razão se sobrepõe a emoção. Não nos esqueçamos que Descartes viveu à época do racionalismo. Fato este que o autor gasta muito tempo descrevendo sobre a anatomia humana em seu livro, além de comentar sobre o homem e as diferentes espécies de vida na terra.

Assim, René Descartes, de uma forma racional, descreve seu método para a obtenção de maiores conhecimentos. O estudo da filosofia se faz necessário pois apenas assim chegaremos a forma ideal de resolver os obstáculos oferecidos pela vida.

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet