Notícias

CJF adota e disponibiliza à Justiça Federal modelo de gestão por competências

Direito Administrativo | 19/jun/2006

Fonte: STJ - Superior Tribunal de Justiça

O Conselho da Justiça Federal (CJF) está adotando um modelo de gerenciamento baseado na metodologia de gestão por competências e se dispõe a orientar sua implantação nos demais órgãos da Justiça Federal. Trata-se de um modelo de gerenciamento de pessoas que busca impulsionar os servidores no desenvolvimento de suas competências profissionais, acrescentando capacidades e aumentando as já existentes.

O modelo foi implantado com sucesso na Secretaria de Recursos Humanos (SRH) do Conselho pela própria equipe da Secretaria e a proposta é estender às demais unidades do órgão. O Conselho iniciou seus trabalhos com a gestão por competência em 2001, após uma consultoria sobre o tema realizada pela Secretaria de Ensino.

A gestão por competências parte das definições estratégicas da instituição (sua missão, visão de futuro, valores e objetivos) e da análise dos processos de trabalhos a fim de descrever as competências futuras e as já existentes na organização. Assim, o modelo permite a qualificação dos servidores não só para atuarem em suas atividades diárias específicas, mas para assumirem postura mais colaborativa frente aos objetivos maiores de sua instituição.

A implementação da metodologia tem início com a identificação da estratégia organizacional. Em seguida, é realizado o mapeamento dos processos de trabalho de cada servidor, levantando as suas atividades críticas. Feito esse levantamento, são detectadas quais as competências necessárias para a execução dessas atividades e o seu grau de importância. A partir dessas definições, o servidor passa por processo de avaliação de desempenho, com foco para o desenvolvimento.

Atualmente a SRH/CJF é responsável por disseminar a metodologia para implementação do Programa de gestão por competências na Justiça Federal, como na Secretaria de Informática (SEI) do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região, na Secretaria de Recursos Humanos do TRF da 3ª Região, na Secretaria Administrativa do TRF da 5ª Região, além da Seção Judiciária de Pernambuco. Que já participam do programa em diferentes fases.

Fonte: STJ - Superior Tribunal de Justiça

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet