Dicionário jurídico

Pródigo

Revisão geral. Este material não sofreu alterações até esta data. (28/set/2015)
Publicado originalmente no DireitoNet. (30/set/2009)
Direito Civil | 30/set/2009

É aquele que dilapida seus bens de forma compulsiva. É a pessoa que gasta imoderadamente seu dinheiro e seus bens, comprometendo o seu patrimônio. Por esse motivo, os pródigos são considerados relativamente incapazes e, portanto, podem ser interditados judicialmente. De acordo com o artigo 1.782, do Código Civil, "a interdição do pródigo só o privará de, sem curador, emprestar, transigir, dar quitação, alienar, hipotecar, demandar ou ser demandado, e praticar, em geral, os atos que não sejam de mera administração".

Fundamentação:

Arts. 4º, IV, 1.767, V e 1.782 do CC
Art. 1.185 do CPC

Temas relacionados:

Referências bibliográficas:

GONÇALVES, Carlos Roberto. Sinopses Jurídicas - Direito Civil: Parte Geral. 10ª ed. v. I, São Paulo: Saraiva, 2003.

Veja mais sobre Pródigo no DireitoNet.

Imprimir
O Direito está em constante evolução. Não fique para trás.
Acompanhe as novidades que afetam seu dia-a-dia no estudo e na prática jurídica
Conheça o DireitoNet