TST - AIRR - 1118/2002-042-02-40


29/fev/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE R E VISTA. HORAS EXTRAS. MATÉRIA DE CONTEÚDO F Á TICO-PROBATÓRIO.INCIDÊNCIA DA SÚMULA Nº 126 DO TST. Tendo o Tribunal R e gional concluído, com base na prova produzida, que não restou configurada a existência de horas extras não quitadas, inviável o processamento do apelo, pois, para se concluir de fo r ma distinta, seria imprescindível a reapreciação de contexto instrutório, procedimento vedado em sede de recu r so de revista, ante os termos da S ú mula nº 126 do TST. Agravo de instr u mento a que se nega provime n to.

Tribunal TST
Processo AIRR - 1118/2002-042-02-40
Fonte DJ - 29/02/2008
Tópicos agravo de instrumento, recurso de r e vista, horas extras.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›