TST - E-RR - 692521/2000


28/nov/2008

BANCÁRIA CEDIDA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA HORAS EXTRAS. Cedida à Presidência da República sem ônus para o Banco do Brasil, à empregada não se aplicam as disposições contidas no Acordo Coletivo dos bancários, não havendo por que considerar a jornada de trabalho de apenas seis horas. Incólume o art. 896 da CLT.

Tribunal TST
Processo E-RR - 692521/2000
Fonte DJ - 28/11/2008
Tópicos bancária cedida à presidência da república horas extras, cedida à presidência da.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›