TST - AIRR - 887/2007-076-03-40


24/out/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. TESTEMUNHA. DIRETOR DO SINDICATO DA CATEGORIA DO AUTOR. SUSPEIÇÃO. O entendimento do acórdão recorrido no sentido de que o interesse na causa para ensejar a suspeição, há que ser jurídico, palpável, concreto, mensurável de forma objetiva, favorecendo a testemunha e/ou o litigante em uma relação jurídica que detenham entre eles. Seria o caso, por exemplo, de serem (testemunha e parte) sócios, credores, fiadores, locatários entre si e que não é o que se observa no presente feito , impede a admissibilidade do recurso de revista, ante o que preconiza a Súmula nº 126/TST. Agravo de instrumento conhecido e não provido .

Tribunal TST
Processo AIRR - 887/2007-076-03-40
Fonte DJ - 24/10/2008
Tópicos agravo de instrumento, recurso de revista, testemunha.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›