TST - AIRR - 2680/2002-382-02-40


31/out/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAORDINÁRIAS. REEXAME DE FATOS E PROVAS. SÚMULA Nº 126. NÃO PROVIMENTO. 1. Não merece ser destrancado o apelo patronal, em face da aplicação da Súmula nº 126, porquanto o egrégio Colegiado Regional, a partir da análise do conjunto probatório existente nos autos, julgou devidamente comprovado o labor em horas extraordinárias, conforme pleiteado na inicial. 2. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 2680/2002-382-02-40
Fonte DJ - 31/10/2008
Tópicos agravo de instrumento, horas extraordinárias, reexame de fatos e provas.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›