TST - AIRR - 2010/2005-221-01-40


07/nov/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. CATEGORIA PROFISSIONAL. ENQUADRAMENTO. FINANCIÁRIOS . Não se admite recurso de revista para reexame de fatos e provas (Súmula 126/TST). Se o TRT afirmou que afirmou que não há como enquadrar o reclamante como financiário ou bancário, pois ele jamais efetuou venda de produtos como seguros e título de capitalização, não se pode chegar à conclusão contrária na atual esfera recursal. Agravo de instrumento a que se nega provimento.

Tribunal TST
Processo AIRR - 2010/2005-221-01-40
Fonte DJ - 07/11/2008
Tópicos agravo de instrumento, recurso de revista, categoria profissional.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›