TST - AIRR - 2141/2004-073-02-40


07/nov/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. HORAS EXTRAS. ÔNUS DA PROVA. O acórdão recorrido harmoniza-se com a Súmula 338, III, do TST. Assim, correto o despacho agravado ao identificar o óbice ao processamento do Recurso de Revista, constituído pela incidência da Súmula 333 do TST e do art. 896, § 4º, da CLT. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 2141/2004-073-02-40
Fonte DJ - 07/11/2008
Tópicos agravo de instrumento, horas extras, ônus da prova.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›