TST - AIRR - 201/2005-030-01-40


17/out/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO. TELEFONISTA. CATEGORIA PROFISSIONAL DIFERENCIADA. O v. acórdão do Regional encontra-se em consonância com a Súmula 374 do TST. Dessa forma, incide o teor da Súmula 333/TST e do artigo 896, § 4º, da CLT. Agravo de Instrumento não provido.

Tribunal TST
Processo AIRR - 201/2005-030-01-40
Fonte DJ - 17/10/2008
Tópicos agravo de instrumento, telefonista, categoria profissional diferenciada.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›