TST - AIRR - 208/2004-070-02-40


29/fev/2008

AGRAVO DE INSTRUMENTO RITO SUM A RÍSSIMO - UNICIDADE CONTRATUAL NULID A DE DE RESCISÃO AUXÍLIO-DOENÇA REEXAME F Á TICO-PROBATÓRIO O Eg. Tribunal Regional, soberano no exame de fatos e provas, deixou claro que as empregadoras da Reclamante não constituem grupo econômico. Consignou, ainda, que a Autora não gozava de auxílio-doença à época em que foi demitida. Alterar esse entendimento encontra óbice na Súmula nº 126 desta Corte.

Tribunal TST
Processo AIRR - 208/2004-070-02-40
Fonte DJ - 29/02/2008
Tópicos agravo de instrumento rito sum a ríssimo, unicidade contratual nulid a de de rescisão auxílio-doença reexame f, tribunal regional, soberano no.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›