TST - RR - 1331/2002-041-01-00


13/out/2008

DESERÇÃO. DEPÓSITO RECURSAL. COMPROVAÇÃO FEITA A DESTEMPO. Tendo em vista que a Recorrente não comprovou o recolhimento do depósito recursal no prazo alusivo à presente Revista, não há como conhecê-la, por deserta, nos termos da Súmula 245 desta Corte. Recurso de Revista não conhecido.

Tribunal TST
Processo RR - 1331/2002-041-01-00
Fonte DJ - 13/10/2008
Tópicos deserção, depósito recursal, comprovação feita a destempo.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›