TST - RR - 482/2005-002-22-00


26/set/2008

RECURSO DE REVISTA. PROCEDIMENTO SUMARÍSSIMO. HORAS EXTRAS. CARTÃO DE PONTO. ÔNUS DA PROVA . Na hipótese, o Tribunal Regional decidiu em conformidade com a Súmula nº 338, III, desta Corte. Infundadas as discussões em torno da prova testemunhal dos autos, frente ao óbice da Súmula nº 126 do TST. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS.

Tribunal TST
Processo RR - 482/2005-002-22-00
Fonte DJ - 26/09/2008
Tópicos recurso de revista, procedimento sumaríssimo, horas extras.

Cadastre-se gratuitamente para acessar a íntegra deste acórdão  ›